Ear Shut – Tudo sobre a “Otoplastia fechada”

Ear shut não é um procedimento indicado

Ear Face, Ear Shut, Ear Dream ou Otoplastia fechada, todas essas são técnicas que prometem corrigir as orelhas em abano sem realização de cirurgia, deixando-as modeladas através de suturas realizadas com fios de nylon, que não são absorvíveis. Os fios prendem a região da anti-hélice para juntar as orelhas.  

 

Ear Shut  funciona?

O grande problema deste procedimento  é que não é 100% definitivo, uma vez que os fios podem se soltar ou afrouxar, fazendo com que as orelhas voltem ao formato inicial. 

 

Ear Shut pode prejudicar minhas orelhas?

Outro fator negativo das técnicas de Ear Shut / Ear Face, é a grande chance de causar infecção, uma vez que os fios passam por dentro das orelhas para sustentar a remodelagem, tensionando a cartilagem, podendo também causar dores. 

A cartilagem é bastante sensível a infecções, pois existem bactérias potentes na região interna das orelhas, chamadas pseudomonas, que se adentrarem na cartilagem através dos fios de nylon, que ficam acumulando secreção, podendo levar a uma complicação chamada condrite. Neste tipo mais grave de infecção, as orelhas vão se deformando e encolhendo, chegando a um ponto onde não há mais solução para deixá-las esteticamente apresentáveis. 

 

Quanto custa o procedimento de Ear Shut / Ear Face?

Embora o preço da Ear Shut possa ser mais baixo em relação a otoplastia, principalmente quando ela não é realizada em ambiente hospitalar, à longo prazo pode acabar saindo mais caro para o bolso do paciente.

Como existem altas chances dos pontos se soltarem ou afrouxar, o procedimento precisará ser refeito mais vezes, enquanto que na otoplastia realizada pelo Projeto Orelhinha, o índice de retoque é 2%, sendo um método definitivo para corrigir as orelhas em abano. 

Além disso, por haver grandes chances de complicações após a realização da Ear Shut ou Ear Face, o valor que o paciente irá gastar para recuperar as orelhas será bem maior do que se fosse investido diretamente na otoplastia. 

 

O Projeto Orelhinha faz a otoplastia fechada? 

Por conta de tudo isso que falamos acima, não indicamos e não realizamos estes métodos que são vendidos como uma grande novidade, mas que na verdade já são bastante antigos e cheios de riscos. 

 

Qual técnica de otoplastia o Projeto Orelhinha recomenda e utiliza?

Até o momento, a otoplastia realizada de maneira cirúrgica é a melhor opção para quem deseja corrigir as orelhas abertas ou orelhas em abano. 

A técnica utilizada pelo Projeto Orelhinha é a HPO (High Performance Otoplasty), desenvolvida pelo Dr. Marcelo Assis, otimizando o tempo da realização da cirurgia e da recuperação pós-cirúrgica. Nela, os pontos utilizados são absorvíveis, ou seja, caem sozinhos ou são absorvidos pelo próprio corpo, evitando riscos de complicações. Além disso, a HPO é considerada uma das técnicas mais eficazes para a realização desse tipo de cirurgia e seu índice de retoque é de menos de 2%.

É válido lembrar que a cirurgia de otoplastia realizada pelo Projeto Orelhinha possui um valor acessível e condições de pagamento facilitadas. Sendo assim, vale mais a pena optar pelo método cirúrgico. 

 

No nosso Canal no Youtube há alguns vídeos do Dr. Marcelo Assis falando mais sobre esta técnica. 

Caso deseje tirar dúvidas ou agendar a sua otoplastia, basta preencher este formulário para ser redirecionado para o WhatsApp de um de nossos atendentes. 

  

veja também

Blog do Projeto Orelhinha

Otoplastia: 4 Dúvidas sobre a Cirurgia

O Projeto Orelhinha surgiu de um sonho. O sonho de levar mais alegria, aceitação e amor até as mais de 10 milhões de pessoas que

Orelhas abertas te incomodam?

Faça seu cadastro e resgate sua autoestima!





    Atendimento Orelhinha

    Online

    Olá! Tire todas as suas dúvidas via whatsApp. Preencha os campos abaixo para iniciar uma conversa comigo.