Queloide na Orelha

Queloide na orelha: o que é e como tratar?

Você já ouviu falar em queloide na orelha? Sabe o que é e como tratá-la quando aparecem? Neste artigo, vamos esclarecer todas as suas dúvidas sobre queloides, especialmente aqueles que afetam a região das orelhas.

Além disso, apresentaremos opções de tratamento para ajudá-lo a lidar com esse problema de forma eficaz. É só seguir a leitura conosco.

O que é queloide na orelha?

Um queloide é uma cicatriz que se forma após uma lesão na pele, como uma incisão cirúrgica, acne, queimadura ou mesmo um piercing nas orelhas. 

A principal característica do queloide é seu crescimento além dos limites da lesão original, formando uma protuberância elevada e espessa. Essa condição ocorre devido a uma resposta anormal do corpo ao processo de cicatrização.

A chance de formar um queloide após uma cirurgia é menor que 1%.

o que é queloide na orelha

O que causa Queloide na Orelha?

Quando se trata de queloides nas orelhas, a causa mais comum é a perfuração ou o uso de brincos. Algumas pessoas têm maior predisposição genética para desenvolver queloides, o que significa que seus corpos reagem exageradamente ao processo de cicatrização. 

A literatura médica aponta que os casos são mais comuns em mulheres do que em homens e também que os indivíduos de pele mais pigmentada têm queloides em uma frequência até quinze vezes maior em comparação com indivíduos de pele menos pigmentada, segundo a Sociedade Brasileira de Dermatologia (SBD)

Outros fatores que podem contribuir para o desenvolvimento de queloides incluem a idade, a região da lesão e a tensão excessiva na pele ao redor da área afetada. É relativamente raro que as primeiras ocorrências se deem apenas na velhice.

Ainda que não se saiba totalmente o que realmente faz com que algumas pessoas tenham predisposição a desenvolver queloides (na orelha ou outras partes do corpo), há medidas preventivas e tratamentos, como veremos a seguir.. 

queloide na orelha

Existe prevenção para queloide na orelha

Ainda segundo a SBD, a melhor prevenção é estar atento ao histórico pessoal e familiar. Ou seja, se você tem qualquer histórico, pessoal ou familiar, é essencial que o médico ou profissional seja informado antes de um procedimento. 

Havendo o histórico e sendo necessário o procedimento, a terapia de radiação pré-operatória e o uso precoce de curativos à base de silicone são duas opções preventivas.

Como tratar a queloide na orelha

Remover completamente um queloide das orelhas pode ser um desafio, mas existem tratamentos disponíveis para melhorar sua aparência e reduzir os sintomas associados. Aqui estão algumas opções que você pode considerar.

Como tratar queloide na orelha

Cirurgia para remover queloide:

Em alguns casos, a remoção cirúrgica do queloide pode ser uma opção. No entanto, é importante lembrar que existe o risco de o queloide voltar a se formar após a cirurgia. Geralmente, a cirurgia é combinada com outras terapias para melhorar os resultados.

Crioterapia:

Essa técnica usa nitrogênio líquido para congelar o queloide, fazendo com que ele diminua de tamanho. No entanto, pode ser necessário repetir o procedimento várias vezes para obter resultados satisfatórios.

Terapia a laser:

A terapia a laser pode ser eficaz na redução da vermelhidão e no achatamento do queloide. Diferentes tipos de laser podem ser utilizados, dependendo do tipo e da cor do queloide.

Terapia com corticosteroides:

Injeções de corticosteroides diretamente no queloide podem ajudar a reduzir o tamanho, a coceira e a vermelhidão. Esse tratamento geralmente requer várias sessões e pode ser combinado com outros métodos.

Tratamentos tópicos:

Alguns produtos tópicos, como géis de silicone ou pomadas com corticosteroides, podem ser usados para ajudar a amaciar o queloide e reduzir a coceira. Esses tratamentos geralmente são aplicados regularmente por um período prolongado.

Especialista em queloide

Os queloides nas orelhas podem ser uma preocupação estética e causar desconforto, tanto pelo efeito na autoestima da pessoa quanto por causar incômodo e coceira. 

Felizmente, existem opções de tratamento disponíveis para ajudar a melhorar sua aparência e aliviar os sintomas associados. Lembre-se de que o tratamento adequado pode variar de pessoa para pessoa, portanto, consulte um profissional de saúde especializado para obter orientação específica para o seu caso.

Esperamos que este artigo tenha fornecido informações úteis sobre queloide nas orelhas, o que causa queloide nas orelhas e como tratá-los. 

Lembre-se de que a prevenção é sempre a melhor abordagem, portanto, tome cuidado ao realizar piercings ou outros procedimentos nas orelhas. Se você já possui queloides, não se preocupe, pois existem alternativas de tratamento que podem ajudar a melhorar a situação.

Caso tenha dúvidas, você pode entrar em contato com a nossa equipe por meio do WhatsApp.

Quer ouvir a palavra do especialista? Confira o vídeo do nosso canal com Dr. Marcelo Assis falando sobre queloide na orelha.

Fale com especialistas em remoção de queloide das orelhas

Preencha o formulário abaixo para falar com a nossa equipe no WhatsApp agora mesmo.



    Artigo revisado pelo: Dr. Marcelo Assis
    CRM: SP 93498  

    Cirurgias de orelhas

    Tire suas dúvidas sobre cirurgias de orelhas

    Preencha os campos a baixo e fale conoso 



      Outras pessoas também leram

      Preencha os campos a baixo para iniciar sua ligação gratuitamente.





        Atendimento Orelhinha

        Online

        Olá! 😁  receba valores cirúrgicos pelo WhatsApp agora mesmo.

        Para iniciar a conversa, preencha os campos abaixo:

          Atendimento Orelhinha

          Online

          Olá! 😁  Tire todas as suas dúvidas via WhatsApp.

          Para iniciar a conversa, preencha os campos abaixo:

          16:25









            Nossa agenda de maio já está definida!

            Cadastre-se e confira as datas disponíveis para realizar sua cirurgia







              Atendimento Orelhinha

              Online

              Olá! 😁  Tire todas as suas dúvidas via WhatsApp.

              Para iniciar a conversa, preencha os campos abaixo:

              16:25