Como Saber Se Tenho Orelha de Abano?

Como Saber Se Tenho Orelha de Abano?

Por mais que já tenha ficado com algum incômodo na região ao se olhar no espelho ou em alguma foto, uma dúvida muito comum para quem sofre com esse problema é: “como saber se tenho orelha de abano?“. Afinal, existe um diagnóstico para as chamadas orelhas de abano ou é apenas uma questão de percepção?

Mas não se preocupe, tem uma forma de descobrir isso para escolher a melhor solução.

Mesmo sem exames de imagem ou laboratoriais, é possível utilizar algumas técnicas clínicas para definir se a pessoa tem ou não essa condição. E, além disso, outros fatores costumam ser relevantes antes de uma decisão sobre qual procedimento seguir.

O que acha, então, de descobrir o que fazer para saber se tem orelha de abano e, se sim, qual é o melhor procedimento disponível? Continue a leitura para saber!

Como saber se tenho orelha de abano?

A orelha de abano, também conhecida como orelha proeminente ou orelha em abano, é uma característica anatômica que se destaca pela projeção excessiva da orelha em relação ao crânio. Embora seja uma condição que não está relacionada a outras condições (como dores ou comprometimento da audição), ela pode afetar – e muito – a autoestima e muitas pessoas desejam saber se têm orelha de abano e como diagnosticá-la.

É importante destacar que o diagnóstico da orelha de abano é feito clinicamente e não costuma envolver exames de imagem ou laboratoriais. Para determinar se alguém tem orelha de abano, a avaliação é realizada por um profissional de saúde qualificado, como um cirurgião plástico ou um otorrinolaringologista.

A avaliação clínica inclui vários aspectos, sendo um dos principais o afastamento da orelha em relação ao crânio. Em adultos, geralmente considera-se que há orelha de abano quando o afastamento entre a orelha e o crânio é superior a 2 centímetros. Em bebês, esse valor de referência é menor, cerca de 1 centímetro.

No entanto, é importante ressaltar que o diagnóstico da orelha de abano não é baseado apenas nos valores de referência. Outros fatores, como o tamanho da cabeça e das orelhas, podem influenciar a percepção visual das orelhas.

Em alguns casos, mesmo que o afastamento seja inferior aos valores de referência, a proeminência das orelhas pode ser notável devido a essas outras características. Além disso, outros fatores são considerados, até por possíveis impactos estéticos e, consequentemente, psicológicos.

Após confirmar se tem a orelha de abano, muitas pessoas optam pela otoplastia, um procedimento cirúrgico que corrige a projeção excessiva das orelhas e melhora sua aparência. A escolha de realizar a cirurgia não está estritamente ligada ao diagnóstico clínico, mas também ao nível de desconforto e à vontade daquela pessoa de passar pelo procedimento.

Como comentamos, a orelha de abano não é um “problema de saúde” em si e muitas vezes sequer é referida como uma condição por médicos e estudiosos. Todavia, por mais que a orelha de abano não tenha outras consequências físicas, as consequências psicológicas podem ser várias, e bastante sérias. Isso vai desde o bullying até baixa autoestima, vergonha de tirar fotos ou o hábito de esconder as orelhas com o cabelo. 

Ou seja, a resposta para a pergunta “como saber se tenho orelha de abano” é bastante objetiva: medindo o afastamento entre a orelha e o crânio por meio de um exame clínico. No entanto, o fator principal para optar ou não por uma cirurgia de otoplastia é entender o nível de desconforto causado pela abertura das orelhas.

Tenho orelha de abano, qual é o melhor procedimento?

A otoplastia é o procedimento mais indicado para corrigir a orelha de abano. Esta cirurgia é realizada para reposicionar as orelhas de forma apropriada em relação ao crânio, proporcionando uma aparência mais equilibrada e esteticamente agradável.

Para tirar as suas dúvidas sobre o assunto, separamos alguns detalhes sobre o procedimento.

orelha de abano diagnóstico

O que é a otoplastia?

A otoplastia é um procedimento cirúrgico que visa corrigir a projeção excessiva das orelhas, trazendo-as para mais perto do crânio e dando, assim, uma aparência mais harmônica. Ela é frequentemente realizada em pessoas de todas as idades, incluindo crianças a partir dos seis anos, quando as orelhas já estão bem desenvolvidas. No caso das crianças, é essencial que estas entendam e queiram fazer o procedimento.

como é feita a otoplastia

Como funciona a cirurgia?

A cirurgia de otoplastia é geralmente realizada sob anestesia local ou anestesia geral, dependendo das necessidades individuais do paciente e das preferências do cirurgião.

O procedimento começa com o cirurgião fazendo pequenas incisões na parte de trás das orelhas, onde as cicatrizes serão menos visíveis. Essas incisões permitem que o cirurgião acesse a cartilagem das orelhas.

O próximo passo envolve a remodelação da cartilagem auricular. O cirurgião plástico pode utilizar várias técnicas, como a retirada de parte da cartilagem, a dobra da cartilagem existente ou a fixação da cartilagem em uma nova posição.

O objetivo é reposicionar as orelhas de forma que fiquem mais próximas do crânio e em uma posição esteticamente harmoniosa.

Após a correção da cartilagem, as incisões são fechadas com suturas finas e delicadas. A pele é então cuidadosamente ajustada para cobrir as orelhas de maneira natural. O resultado final é uma aparência mais equilibrada das orelhas, sem a projeção excessiva que caracteriza a orelha de abano.

Por que a otoplastia é a opção mais indicada?

A otoplastia é considerada a opção mais indicada para corrigir a orelha de abano por várias razões. Em primeiro lugar, a cirurgia é altamente eficaz na correção do problema, proporcionando resultados duradouros e esteticamente satisfatórios.

A otoplastia é personalizada para cada paciente, permitindo ao cirurgião adaptar a técnica às necessidades individuais. Além disso, a otoplastia é uma intervenção segura, realizada por cirurgiões plásticos experientes em ambiente hospitalar ou clínica cirúrgica.

A recuperação costuma ser relativamente rápida, com a maioria dos pacientes podendo retornar às atividades normais em alguns dias a uma semana após a cirurgia.

É importante mencionar que métodos alternativos, como o uso de faixas ou fitas adesivas para tentar corrigir a orelha de abano, não são eficientes. Essas abordagens podem ser temporariamente úteis para esconder a projeção das orelhas, mas não corrigem a causa subjacente do problema e podem, inclusive, causar danos à região.

Além disso, seu uso contínuo pode ser inconveniente e desconfortável. Em caso de crianças e bebês, isso pode acabar até mesmo criando problemas mais sérios na região.

Onde posso fazer a otoplastia com segurança?

Agora que você já tirou a sua dúvida sobre ter orelha de abano, é hora de procurar por uma solução, não acha? E é por isso que o Doutor Orelhinha é uma das opções mais seguras para quem quer seguir com a otoplastia.

O que é o Doutor Orelhinha?

O Projeto Doutor Orelhinha foi criado com a missão de proporcionar alegria, aceitação e autoestima a mais de 10 milhões de pessoas em todo o Brasil que não estão satisfeitas com a aparência de suas orelhas.

Desde o seu início em 2010, o projeto se expandiu e agora atua em 44 cidades por todo o país, abrangendo regiões que se estendem de Manaus, no Norte, ao Rio Grande do Sul, no Sul.

O Doutor Orelhinha – antigo Projeto Orelhinha – colabora com mais de 25 hospitais parceiros e possui uma equipe médica parceira espalhada por todas as cinco regiões do Brasil, incluindo cirurgiões plásticos, anestesistas e equipe administrativa.

Como funciona a otoplastia com o Doutor Orelhinha?

O processo de realizar a otoplastia com o Doutor Orelhinha é dividido em quatro etapas principais:

  • Solicitação: o primeiro passo é expressar seu interesse na cirurgia de otoplastia, o que o levará a uma conversa com um dos atendentes do Doutor Orelhinha. Nesse momento, você pode esclarecer todas as dúvidas que tiver sobre o procedimento;
  • Avaliação: após a solicitação, você será orientado a enviar fotos das suas orelhas para que a equipe técnica do Doutor Orelhinha avalie as condições para a cirurgia de otoplastia. Posteriormente, você será convidado a participar de uma palestra online, onde receberá informações técnicas detalhadas sobre o procedimento;
  • Documentação: depois da avaliação, você será solicitado a fornecer a documentação necessária para a cirurgia, realizar exames pré-operatórios e efetuar o pagamento do procedimento;
  • Cirurgia: com todas as etapas anteriores concluídas, você vai poder agendar a data da sua otoplastia com o Doutor Orelhinha.

Cada passo é fundamental para garantir que o processo ocorra com segurança e eficácia, proporcionando os melhores resultados possíveis para o paciente.

O que é a High Performance Otoplasty (HPO)?

A técnica utilizada na otoplastia pelo Doutor Orelhinha é conhecida como High Performance Otoplasty (HPO). Essa técnica foi desenvolvida pelo Dr. Marcelo Souza de Assis, fundador do projeto, e é adotada por todos os cirurgiões especializados que realizam cirurgias pela instituição.

A HPO oferece diversas vantagens em relação a outras técnicas de otoplastia. Uma das principais vantagens da HPO é a redução significativa do tempo de cirurgia e do período de recuperação pós-operatória.

Enquanto cirurgias convencionais levam cerca de 2 horas, a técnica HPO otimiza o procedimento para 45 minutos a 1 hora. Além disso, o tempo de recuperação é de apenas 5 dias de repouso, proporcionando uma recuperação mais tranquila para o paciente.

Outra vantagem significativa da HPO é o baixo índice de necessidade de retoque, que é de apenas 2%. Isso significa que a técnica HPO oferece resultados consistentes e duradouros depois da cirurgia, reduzindo a probabilidade de intervenções adicionais.

Onde o Doutor Orelhinha está disponível?

O Projeto Doutor Orelhinha/Doutor Orelhinha opera em 44 cidades em todo o Brasil, abrangendo todas as regiões do país – e continuamos expandindo! Em colaboração com diversos hospitais parceiros, nossa equipe médica qualificada trabalha para oferecer cirurgias de otoplastia acessíveis e eficazes.

Esperamos que este artigo tenha ajudado-o a responder sua dúvida como saber se tem orelha de abano. 

Ah! Faltou responder uma outra pergunta, não é mesmo? Afinal, quanto custa uma cirurgia de otoplastia com o Doutor Orelhinha? Infelizmente, esta é uma informação que não podemos divulgar neste espaço por determinação do Conselho Federal de Medicina (CFM). 

Mas podemos te contar que a cirurgia da orelha de abano com o Doutor Orelhinha é até 64% mais acessível que a média do procedimento em uma mesma localidade!

Agora que você conhece mais sobre a otoplastia com o Doutor Orelhinha e todas as vantagens que ela oferece, que tal entrar em contato conosco para tirar todas as suas dúvidas e obter mais informações sobre o procedimento, como funciona, quanto custa e como agendar?

Artigo revisado pelo: Dr. Marcelo Assis
CRM: SP 93498  

Cirurgias de orelhas

Tire suas dúvidas sobre cirurgias de orelhas

Preencha os campos a baixo e fale conoso 



    Outras pessoas também leram

    Preencha os campos a baixo para iniciar sua ligação gratuitamente.





      Atendimento Orelhinha

      Online

      Olá! 😁  receba valores cirúrgicos pelo WhatsApp agora mesmo.

      Para iniciar a conversa, preencha os campos abaixo:

        Atendimento Orelhinha

        Online

        Olá! 😁  Tire todas as suas dúvidas via WhatsApp.

        Para iniciar a conversa, preencha os campos abaixo:

        12:47









          Nossa agenda de maio já está definida!

          Cadastre-se e confira as datas disponíveis para realizar sua cirurgia







            Atendimento Orelhinha

            Online

            Olá! 😁  Tire todas as suas dúvidas via WhatsApp.

            Para iniciar a conversa, preencha os campos abaixo:

            12:47